TEXTOS E POEMAS RES

2020

capa_ebook_res_instagram.jpg

TRADUÇÕES

MAIO

abril

JUNHO

COVID-19 / Destruição criativa do poema Blanco de Octávio Paz

0. Se preocupar mais com a vida do outro do que com a sua própria é um sinal ruim - de desgraça pessoal e insegurança com a própria vida.

1º Texto Espiritual - O que é o Espírito?

2º Texto EspiritualSérie de textos de RES sobre o espírito ou sobre uma vida espiritual? O que é isto mesmo? Este é o segundo texto. Penso numa série de 10 textos.

3º Texto EspiritualSexo (sobre) sexualidade? Tesão? Sensualidade? Da série de textos de RES sobre espiritualidade! Libido.

4º Texto Sobre o EspíritoTentando ser rigoroso ao máximo com propriedades textuais fundamentais para mim (RES)

5º Texto Espiritual de RES - Temas Cruciais.

6º Texto Espiritual de RESDimensão estética da espiritualidade?

7º Texto Espiritual de RES - Urgência

8. Resumindo livro de Acemoglu - Porque as nações falham

9. O que significa a palavra contingente, dentro da filosofia do aleijado, de RES?

2019

1. Sobre Bira - Como pinçar, arrancar, sentido de alguma coisa, ferrão.

2. Aparição da ImagemEla nunca é acidental, mas incontingente, tem um quê de boreal!

3. Farol - Não tem outro jeito senão começar humildemente, reconhecendo uma insuficiência de recursos diante de algo que parece tão aleatório.

4. Reflexões dentro da noite de RES - Sobre os desenhos de sexta. De uma ótica não previsível. De um lugar outro. O que está em jogo por trás do jogo? 

2018

 

 

1. Depois do Limite - Quando toda engenharia cessa, ainda há uma engenharia.

2. Texto de RES - Quando a engenharia tem um limite.

3. OutonoCom muita fé ainda que mutilado.

4. Problemas seríssimos da produção plástica de RES - Guerra entre o transcendente e o imanente no meu desenho recente...

5. Maria Escrever é tão impossível quanto viver.

6. O DizívelOpto hoje por viver o possível até sua beirada extrema...

7. Sem NomeEstou falando de algo, o que é? Vou começar a escrever sobre algo, não que queira defini-lo, apenas balbuciar uma proximidade.

8. Buraco - Eu preciso achar um fio condutor que me ligue, que me conecte.

9. Maelstrom - Claro que agora passou um ruído. As coisas se esclareceram de um modo muito poderoso.

10. Charco -  Parte II, do poema sobre a carência. "O lodo, o lamaçal da obra..."

11. Outras Formas de Inteligência - assunto que tenho pensado ultimamente como pensador plástico.

12. Carta aos Deuses - Pedido de ajuda. O que é a loucura mesma?

13. Tentativa de RES de Explicar (expor mais) a Sessão de Ontem - ...desenhar também é tudo que é ficcionado para que se possa desenhar.

14. Observações de RES Sobre a Estrutura da Cabana Frei Otto - 1ª parte de reflexões importantes de RES sobre o desejo.

15. Uma Teleonomia da Cabana Frei Otto - Itu / FAMA - ...caçar algo obstinadamente, farejar o que importa ser dito e dá melhor forma possível. 

16. Questões Terríveis Sobre Como Ter uma Obra - ...quero uma escrita para ser consumida, devorada, quase comestível, a escrita para mim é algo comestível. 

17. Texto de Aniversário - Senti profunda vontade no meio da noite de falar da primeira vez que li Hamlet de Shakespeare, não entendi nada...

18. Observações Gerais de RES - ...Acreditar que 

amanha pode ser melhor é fundamental.

19. Texto de AgradecimentoQueria agradecer por ser ingrato/ Queria agradecer às forças maiores que eu por eu ser e não saber o que fazer com isto...

20. A Aventura do Méthodo (Plataforma de Aprendizagem Técnico-Virtual) - Como escrever sobre algo que deve ser vivido.

21. Questões importantes do Méthodo (Plataforma de Aprendizagem Técnico-Virtual) que fui abandonando? Coisas que deixei para trás.

22. O Desqualificado / 1º Texto de Férias - Nesta semana, foram muito comoventes as demonstrações de amor, elas foram mais terríveis que as demonstrações de não amor. 

23. Crematório 5 / Belém do Pará - Dois homens muito rudes, aguardam em silêncio a cerimônia acabar no Crematório número 5.

24. Crematório 4 / Belém do Pará - Estou no meu próprio funeral, seco, uma ou duas pessoas, sei que preciso morrer, sem minha morte não pode ter eu sem eu.

25. Crematório 3 / Belém do ParáAssim, assim, assim ... mesmo ainda que não seja o que eu quero estou sendo,

26. A Massagista - Traz toalhas molhadas, envoltas em fé, pingando o calor do deserto,

27. A Camareira - Neide - Cambury, Litoral Norte - ...Em algum lugar de mim o inferno de Neide existe, em algum lugar de mim os prazeres mais ocultos de Neide sobrevivem. Quem é Neide?

28. Ponderações de RES - como ajudar meus alunos a serem mais pragmáticos e cuidarem da própria vida?

29. Reflexões Pedagógicas de RES: Ideias de Solução, Ideias Não Reativas, Não Mórbidas, ou Seja Saídas Para Nossa Situação de Conforto?

30. RES Falando de Recursos Para Seus Alunos e Discípulos (Operadores Técnicos de Novas Tecnologias de Contato Humano e Digital) Diante dos Desenhos.

31. Mais uma Tentativa de Expor Meu Méthodo (Plataforma de Aprendizagem Técnico-Virtual) de Ensino de Arte - Na verdade uma tentativa de expor o que eu penso de educação, de arte, de mim, de você, da palavra tão explosiva que é a palavra mestre no nosso tempo.

32. Considerações Sobre o Brasil de RES - por que fazemos atos sintomáticos mesmo não querendo, ou seja, erramos quando queremos acertar?

33. Maria EsticáliaQual é mesmo o seu problema? / O que te concerne neste mundo? / O que é seu de tudo isto? / O que te pertence?

34. Refugiado - TentativadumtextoquetiveifeuadescrwverpsrafslardeumlugsrperugididemimatesurgiroqyedekimnaoseifskaroudescobryreaindinsuficientemuamoroprigodentridiperudimenodenteidentridendenteodendentrodoperigomrsnomesmoATESURGIRGO

35. Movimentos InvoluntáriosSobre o meu desenho/ Sobre a minha vida / Uma criatura atravessa a ponte

36. Carta a uma Jovem Indecisa - Nós nunca escolhemos entre a esquerda e a direita: escolhemos na verdade sempre o que está fora,

37. Antirreferencial - Vozes que se perdem na noite / 

Barulhos de automóveis / Tento escrever de outro jeito

38. RES Tentando Falar de RESSou manipulado pelo tempo / Sou uma exigência de um tempo, se não fosse eu seria outro

39. Tradução do Poema "Je me Voulais Événement" de René Char por RES - Eu em mim em acontecimento.

40. Poema para Hilma af Klint - O vento norte entra entrado entrando entre entrei entraria assim entre tantas derivações percebo o que quero ou estou tentando proferir desajeitado com a escrita ela se nega a mentir ou falar a verdade pelas janelas já nelas do seu quareuto ventania ventou vendaval entra entrânciaaelosdelasnelaesmas 

 

 

 

 

 

Atelier do Centro - G1

Rua Epitácio Pessoa, 91, República, São Paulo

3129-3977 // 99537-5396 (RES)

Segunda à sexta: 8h às 17h

atelierdocentro@gmail.com

Galpão do Centro - G2

Rua Teodoro Baima, 39, República, São Paulo

Residência Atelier Luca Parise - G3

Rua Teodoro Baima, 51, SL 2, República, São Paulo 

www.lucaparise.co

CECAC - Centro de Estudos Conglomerado

Atelier do Centro - G4

Rua Teodoro Baima, 51, SL 1, República, São Paulo

Atelier do Centro - G5

Rua Teodoro Baima, 88, República, São Paulo

Coleção Àlex Muñoz - G6

Carrer del Segle, 5, Premià de Mar

08330 - Barcelona, España

OPCAC - Oficina Prática Conglomerado Atelier do Centro

Rua Teodoro Baima, 39, República, São Paulo

www.opcac.xyz

Vernacular - Editora Atelier do Centro

www.ccsvernacular.com

www.medium.com/@carolccs

  • YouTube
  • Instagram

copyright © 2020 Conglomerado Atelier do Centro, todos os direitos reservados