Ponderações de Res

July 17, 2018

Dia 11 de julho de 2018

Quarta feira

 

  1. Anotações gerais - como ajudar meus alunos a serem mais pragmáticos e cuidarem da própria vida? Mundo real x mundo da fantasia? Estar no mundo e não estar no mundo. Pés no chão e pés não no chão. Conexão com a realidade e não conexão com a realidade: consequência desta cisão — desequilíbrio emocional profundo. Instabilidade emocional.

  2. Técnicas de desenho -procedimentos de desenho. Como começar um trabAlho? Fases de um trabalho?

  3. O que é arte e o que não é arte? Fazer o trabalho em si é um trabalho e olhar o trabalho também é parte constituinte do trabalho de arte, analisar o trabalho, parar e depois mexer nele ( mais tarde ) de novo também vale o mesmo que fazê-lo. Há muitas formas de trabalhar num trabalho de arte. Estudar é pesquisar imagens para o trabalho é igualmente um trabalho. Suportar a dúvida, manter a dúvida, deixar um trabalho interminado, não acabá-lo, hoje constitui parte do trabalho, suportar sua indeterminação.

  4. Aprender a aprender: isto é crucial nos nossos tempos. Mais importante do que aprender algo, é questão de vida ou morte aprender a aprender. 

  5. Ler e estudar é fundamental para o trabalho de arte

  6. Se relacionar com o outro é de suma importância: veja bem estou falando do outro e não do que eu penso que seja o outro. Abrir mão do que eu penso em arte é crucial para o bom andamento do fenômeno artístico.

  7. Romper com o imaginário de mim. Deixar de ser criança. Manter o fio umbilical com a mãe é fatal para falir qualquer empresa do Espírito. É anti produtivo continuar a ser filho para sempre. É anti produtivo se infantilizar, não perca tempo em brigar com o outro, não perca tempo em brigar consigo mesmo -siga em frente.

  8. Se quer enfrentamento: enfrente o material - ponha algo no mundo. Realize algo que possa chamar de seu. Tenha repertório para não ser um palhaço. Tenha critérios para não ser bobo.

  9. Não desperdice energia vivendo dentro de sua cabeça. Saia para fora de si -ensimesmamento é uma doença. Abra uma janela no que acredita de si - e veja para fora de sua crença. Veja para fora de seus preconceitos. Tente ver o que não está vendo. Escape de você mesmo: óbvio que isto vai exigir um grande esforço. É isto na verdade que eu chamo de arte, ver para fora de seus próprios parâmetros.

  10. Anorexia pragmática: doença de nosso tempo

  11. Cisão profunda por parte de nossa elite econômica, entre intelectualidade e vida espiritual. Cisão entre mundo interno movente ou em fluxo e vida estática, engessada, cristalizada. Vida em fluxo e vida embaçada. Vida movente x vida morta. No Brasil ainda não aconteceu uma união de captais, os capitais estão soltos, isto é: desunidos. Há uma miséria espiritual profunda. Onde há capital financeiro, há muita frustração e impotência diante do futuro. Há muito ressentimento em nossa elite econômica. Ela está totalmente sem direção, sem volume interno de vida.

  12. Onde falo de violência, estou falando na verdade de emergência, de obsessão, acordar cedo, estudar, ampliar repertório, falar com mais propriedade, auto conhecimento, apropriação de si, empoderamento, suportar a própria solidão e saber o que fazer com ela, sentar à bunda numa cadeira e estudar e ler por horas a fio. Precisamos de mais requinte intelectual e espiritual. Mais finura no trato com a vida e com as coisas da vida que são mais perenes — uma filosofia da perenidade e menos superficialidade com as coisas essenciais da vida e da manutenção da vida. Precisamos retomar o que tem estofo e envergadura. Abandonar a superficialidade e a puerilidade com que tratamos coisas essenciais: como ARTE.

  13. Arte é algo que ataca a morte. O VERDADEIRO ARTISTA É UM NECROMANTE. A ação do artista hoje, no nosso tempo, é a mesma de Jesus Cristo, fazer o objeto de arte, ( Lázaro ) ressuscitar.

     

     

     

     

     

     

     

     

     

Tags:

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Recentes

October 24, 2018

October 22, 2018

October 16, 2018

October 16, 2018

October 16, 2018

Please reload

Arquivo
Please reload

Procurar por tags
Please reload

Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square

Atelier do Centro - G1

Rua Epitácio Pessoa, 91, República, São Paulo

3129-3977 // 99537-5396 (RES)

Segunda à sexta: 8h às 17h

atelierdocentro@gmail.com

Galpão do Centro - G2

Rua Teodoro Baima, 39, República, São Paulo

CECAC - Centro de Estudos Conglomerado

Atelier do Centro - G4

Rua Teodoro Baima, 51, SL 1, República, São Paulo

Atelier do Centro - G5

Rua Teodoro Baima, 88, República, São Paulo

Coleção Àlex Muñoz - G6

Carrer del Segle, 5, Premià de Mar

08330 - Barcelona, España

OPCAC - Oficina Prática Conglomerado Atelier do Centro

Rua Teodoro Baima, 39, República, São Paulo

www.opcac.xyz

Vernacular - Editora Atelier do Centro

www.ccsvernacular.com

www.medium.com/@carolccs

  • YouTube
  • Instagram