top of page

Nota de Esclarecimento

Podcast Chico Felitti – Atelier do Centro

 

São Paulo, 3 de janeiro de 2023 - O Conglomerado Atelier do Centro vem a público para repudiar as fantasiosas acusações feitas à instituição no podcast O Ateliê, do produtor de conteúdo Chico Felitti, anunciado em teaser nesta terça-feira, 3.

 

A peça, em tom sensacionalista, acusa a instituição de ser uma seita baseada em violência psicológica e física e de explorar economicamente os alunos.

 

Nada mais distante da realidade. O Conglomerado Atelier do Centro é uma escola de arte, fundada há mais de 20 anos no centro de São Paulo pelo artista Rubens Espírito Santo. A instituição oferece cursos de arte, filosofia, performances e um programa de acompanhamento, formação e pesquisa continuada.

 

A escola é aberta ao público e os participantes pagam mensalidades para a manutenção dos programas de formação. Todos os alunos são maiores de idade, a maior parte deles têm formação universitária, e participam livremente das atividades propostas, que são realizadas de forma coletiva e consensual.

 

No teaser do podcast, o autor procura criar um clima de mistério inexistente e traça uma analogia grave e absurda com seitas como a do Templo do Povo, que culminou em trágico suicídio em massa na Guiana, em 1978. A ilação é infundada, criminosa e ingressa no mundo das fake news para atrair ouvintes, o que lamentamos profundamente. 

Importante registrar que Chico Felitti não teve a curiosidade e responsabilidade investigativa de conhecer por dentro o Conglomerado Atelier do Centro, participando ativamente das experiências artístico-pedagógicas, apesar de ter sido convidado a fazê-lo.

 

O podcaster esteve na escola em 16 de dezembro de 2022, sem agendamento prévio, solicitando uma conversa com Rubens Espírito Santo, que o recebeu prontamente e de forma acolhedora, sem qualquer ressalva em conceder uma entrevista gravada - em que trechos serão provavelmente usados no programa. Chico Felitti não informou o teor de sua pauta no contato inicial, restringindo o conhecimento da fonte sobre o conteúdo a ser tratado no encontro.

 

O Conglomerado Atelier do Centro participou da formação de mais de uma centena de artistas e outros profissionais em sua longa e exitosa existência. Em relações desta natureza sempre haverá divergências.

 

Muitos destes alunos deixaram a escola e o fizeram sem nenhum constrangimento, como ocorre com frequência em outras instituições de formação, quando desaparecem os elos de conexão e afinidade. Nada que justifique as acusações infundadas apresentadas em O Ateliê.

 

Como sempre, seguiremos de portas abertas para receber antigos e futuros membros, a sociedade em geral e o próprio Chico Felitti, para que possam conhecer nosso trabalho e desfazer mitos e mentiras que encontram campo fértil para prosperar no ambiente digital.

bottom of page