G1

Tentativa de definir conceitos básicos do Méthodo - textos para o alemão Stefan — Anna Israel por favor traduzir para inglês .

1.Assistências : momento onde o discípulo , pretendente a artista , iniciante , realiza uma tarefa destituído de coisas comezinhas ( é sua chance ) —o iniciado tem a chance de estar diante uma tensão incomum no seu cotidiano para ele mesmo , está imbuído de uma força que o excede , de uma violência que não é só dele , mas é também do grupo todo , melhor uma força que ele terá ainda que conquistar para si -porque neste momento trabalhando para o mestre está imbuído de uma força que o ultrapassa , a assistência é exatamente este momento onde o discípulo é atravessado por algo que o excede , uma violência que ele tem mas não acessa de um modo construtivo sempre , na assistência ele opera está força , sem que está força produza nele um mal , neste momento este excesso de energia se movimenta para o seu melhor —o seu melhor é um upgrade da capacidade de realização . Uma motivação a mais . Mas assistências o sujeito movimenta uma carga de energia , violência , maldade , destruição —que não resolvida , não solucionada , não trabalhada —pode causar doenças graves . Modo poderoso de articular nossas habilidades naturais e se por num lugar de tensão e tentar resolvê-lo da melhor maneira possível ( num plano ficcional ) um lugar de simular modos simples de construção de uma fala não sintomática —de descobrir como é a melhor forma de falar consigo mesmo . Na assistência trabalhamos de verdade o que é o espírito de maneira pragmática . É uma espiritualidade praticada , em ação , na vida . Além de aprendermos a verbalização precisa do mundo , um modo potente de oratória . A assistência é uma forma de fala articulada no mundo . É um depoimento , mais que isto , é um testemunho . Um direito que nós damos de estarmos no nosso melhor —um ataque frontal a autonomia sistêmica do nosso tempo —autonomia que nos afasta de realmente quem somos . Autonomia cognitiva do passado , autonomia como ferramenta de articular nossa vaidade e arrogância . Servir ao mestre é servir ao que temos de melhor em nós . Servir é um modo agressivo de perceber que não se trata de nós — que existem forças maiores que nós e que nós desconhecemos .

descrito por Rubens Espírito Santo

Atelier do Centro - G1

Rua Epitácio Pessoa, 91, República, São Paulo

3129-3977 // 99537-5396 (RES)

Segunda à sexta: 8h às 17h

atelierdocentro@gmail.com

Galpão do Centro - G2

Rua Teodoro Baima, 39, República, São Paulo

Residência Atelier Luca Parise - G3

Rua Teodoro Baima, 51, SL 2, República, São Paulo 

www.lucaparise.co

CECAC - Centro de Estudos Conglomerado

Atelier do Centro - G4

Rua Teodoro Baima, 51, SL 1, República, São Paulo

Atelier do Centro - G5

Rua Teodoro Baima, 88, República, São Paulo

Coleção Àlex Muñoz - G6

Carrer del Segle, 5, Premià de Mar

08330 - Barcelona, España

OPCAC - Oficina Prática Conglomerado Atelier do Centro

Rua Teodoro Baima, 39, República, São Paulo

www.opcac.xyz

Vernacular - Editora Atelier do Centro

www.ccsvernacular.com

www.medium.com/@carolccs

  • YouTube
  • Instagram

copyright © 2020 Conglomerado Atelier do Centro, todos os direitos reservados