FABIANA REIS SANTOS

Entrou no Atelier em 2018

  • Instagram

Relatório da Semana

cronograma

25.05.2019

fabiana reis santos

Agradeço ao Mestre, Rubens Espírito Santo, Por forçar que eu faça!

Eu estou em um cassino, só que eu tenho poucas fichas, mas para viver eu tenho que apostar, tenho que apostar todas as fichas. Mas não basta só ter que apostar todas as fichas, eu vou ter que inventar um jeito de conseguir mais fichas, nem que eu tenha que vender minha alma, eu vou conseguir mais fichas. Não tem mais vida fora do cassino, viver fora do cassino é morrer em vida, viver fora do cassino é cometer suicídio sem se matar, viver fora do cassino é assassinar à própria mãe deixando que ela viva. Viver fora do cassino é inútil.

 

Cassino é uma palavra para dizer Abismo. E para viver no Abismo, eu peço a ajuda de Deus.

 

Ó grande Deus
Ó grande Tudo
Ó grande Nada
Ó grande Verdade, que não é só uma.

 

Eu andava pela beira do Abismo, eu estava na porta do Cassino, eu ia me jogar em direção ao fundo do Abismo de uma vez, eu ia rasgar todas as fichas. Mas vejo agora formas de acessar o Abismo sem me atirar de uma vez e encontrar a morte certa, ou a completa loucura.

 

Adentar o abismo com vida e com a consciência plena! Puta desafio!
 

É a pessoa que me salvou que agora eu assisto caminhar pelo Abismo.

Ele tem um caminhar tão bonito, que parece fácil conquistar o impossível. Mas aos poucos eu entendo, que o que parece fácil é só ilusão. VIVER É DESAFIADOR!

 

Agora não tenho mais vontade de me jogar à morte. Vou apostar todas as minhas fichas, para aprender caminhar com RES.

 

É absurdo, porque eu sou lenta, não sei ler, não sei falar, mal consigo acordar de manhã. Mesmo assim, ele continua permitindo que eu assista ele caminhar, ele continua me forçando à vida, à densidade da vida, ao profundo de mim, ao centro do mundo, à expansão da consciência, à me transformar no próprio cassino.

Eu vomito minhas ilusões e tento abrir os olhos, tento seguir o caminho, mesmo não sabendo para onde estou indo, agora eu sigo! Eu me abro para a vida estando viva e me permitindo viver. Eu quero na hora da morte, vislumbrar que eu tive uma vida real.

Atelier do Centro - G1

Rua Epitácio Pessoa, 91, República, São Paulo

3129-3977 // 99537-5396 (RES)

Segunda à sexta: 8h às 17h

atelierdocentro@gmail.com

Galpão do Centro - G2

Rua Teodoro Baima, 39, República, São Paulo

Residência Atelier Luca Parise - G3

Rua Teodoro Baima, 51, SL 2, República, São Paulo 

www.lucaparise.co

CECAC - Centro de Estudos Conglomerado

Atelier do Centro - G4

Rua Teodoro Baima, 51, SL 1, República, São Paulo

Atelier do Centro - G5

Rua Teodoro Baima, 88, República, São Paulo

Coleção Àlex Muñoz - G6

Carrer del Segle, 5, Premià de Mar

08330 - Barcelona, España

OPCAC - Oficina Prática Conglomerado Atelier do Centro

Rua Teodoro Baima, 39, República, São Paulo

www.opcac.xyz

Vernacular - Editora Atelier do Centro

www.ccsvernacular.com

www.medium.com/@carolccs

  • YouTube
  • Instagram

copyright © 2020 Conglomerado Atelier do Centro, todos os direitos reservados